Reims – Região de Champagne

O champagne é um vinho branco espumante, que é produzido na região de Champagne, através de um processo antigo e bem interessante. A capital da região de Champagne é Epernay, mas a cidade que ficou mais famosa da região é Reims. Isso porque a maioria dos grandes reis da França foram coroados em Reims.

Três uvas são obrigatoriamente a base para produzir o champagne: chardonnay, pinot noir e pinot meunier. Hoje em dia, a bebida só pode ser considerada champagne se for produzido na região de Champagne, as demais bebidas produzidas no resto do mundo são só espumantes.

Nosso último final de semana foi em Reims, e nosso objetivo principal era conhecer algumas caves onde o champagne é produzido.

Começamos a nossa visita pela Mumm. Chegamos lá às 9 horas da manhã, começamos a visita assistindo um filme contando um pouco sobre a história da Mumm, e depois fomos conhecer as caves. Nós descemos cerca de 20 metros para chegar até lá. Só a Mumm tem cerca de 25 km de caves (galerias subterrâneas), e ainda tem as caves das outras produtoras. E ela fica no meio da cidade, então muitas vezes estamos andando em cima delas e nem sabemos. Foi muito legal!!! Logo depois da visita, fizemos uma degustação. Não se esqueça de fazer uma reserva. Uma delícia começar o dia assim rs…..

Depois fomos direto para a Taittinger, para essa visita não foi necessário fazer uma reserva. Nós ouvimos mais ou menos a mesma história de como era a produção de champagne, mas valeu muito a pena ir, pois as caves da Taittinger eram um pouco diferentes em relação a primeira visita!!!

No inicio da tarde fomos na Pommery. Logo na entrada encontramos um monte de esculturas, bem diferente das outras. Fizemos a visita de 30 minutos, tinha a opção de fazer uma visita de 1 hora, mas já estávamos um pouco cansados….Durante a visita das caves, cruzamos por algumas outras obras de arte…..Achei a pommery a maior das três que visitei, mas não foi a minha favorita. Achei que as 2 primeiras foram mais detalhistas quando falaram sobre o processo de produção e as caves são mais bonitas e diferentes.

É importante lembrar que nos períodos de outono e inverno da Europa algumas produtoras ficam fechadas para visitas, mas não se preocupe porque muitas outras ficam abertas o ano todo!

Nós jantamos em dois restaurantes bem legais. O primeiro é o L’Apostrophe, ele fica no centro da cidade, nas ruas para pedestres. O ambiente é muito gostoso e a comida também. Segue o site: www.restaurant-lapostrophe.com

E o outro restaurante foi espetacular!!!! Nós fomos em um dos restaurantes da Veuve Clicquot, o Le Jardin. Foi tudo uma delicia, mas tem que reservar, sem reserva, esquece!!! O site é www.lescrayeres.com

Nós acabamos não tendo muito tempo para passear pela cidade, mas gostamos muito do lugar….não deixe de ir na Catedral. Ela parece a Catedral de Notre Dame de Paris…..

Para ter mais informações sobre a cidade, acesse o site oficial: www.reims-tourism.com

Boa viagem!

                                                                                                                                                                                   Fonte: Wikipedia
Anúncios

Sobre fabianaduquefotografia

Gosto de música, fotografia e viagens.
Esse post foi publicado em Viagens e marcado , . Guardar link permanente.

3 respostas para Reims – Região de Champagne

  1. Bruna disse:

    Interessante esse tour! Nunca tinha pensado em fazer… Nesses tours tbm tem degustação né? Deve ser a melhor parte da visita! =))

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s